Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

7 estratégias de RH para manter o envolvimento dos funcionários durante uma crise

Leticia Moura

A pandemia global e a incerteza econômica criaram cenários inesperados na vida pessoal e profissional de todos. Contudo, existem atividades que nós, liderando equipes de pessoas, podemos realizar para ajudar os funcionários a navegar melhor na situação, fornecer plataformas para mantê-los engajados e conectados, demonstrar que a empresa se importa e monitorar seu bem-estar emocional.

1. Conecte-se praticamente em todos os níveis

Em tempos de crise, as equipes precisam ouvir diretamente seus líderes e ter a oportunidade de fazer perguntas. Em nossa empresa, estamos tratando disso por meio de prefeituras virtuais regulares, mas as reuniões com todos os funcionários são apenas parte da equação. Reuniões departamentais, check-ins menores da equipe e reuniões individuais são críticas. Embora os colegas possam oferecer alguma conexão, também oferece aos gerentes a oportunidade de captar pistas visuais sobre o estado emocional de um funcionário.

2. Crie atividades de engajamento inovadoras

Sem o refrigerador de água do escritório, o senso de isolamento de um funcionário pode continuar a crescer. A criação de atividades sociais virtuais - uma competição diária de desafios por etapas, happy hours virtuais, bate-papos no café - pode oferecer algum alívio e criar engajamento.

3. Forneça recursos e respostas

É essencial desenvolver uma fonte de informações relacionadas ao trabalho em casa. Um bom exemplo pode ser a criação de um site que forneça dicas sobre tópicos como trabalhar remotamente quando você tem filhos em casa, usar a câmera do computador e realizar uma reunião virtual. Esse recurso também deve oferecer aos funcionários a oportunidade de postar perguntas e conter um documento de Perguntas frequentes que é atualizado continuamente.

4. Aproveite o conhecimento de suas equipes

Talvez alguns de seus funcionários já trabalhem em casa de vez em quando ou o fizeram no passado. Entre nesses especialistas em trabalho remoto para fornecer dicas próprias na forma de postagens e vídeos que podem ser compartilhados em toda a empresa.

5. Seja flexível

Sua organização pode ter uma política de trabalho em casa existente que provavelmente precisará ser revisada para permitir horários flexíveis e a compra de equipamentos de escritório em casa. Também desenvolva novos processos em torno de entrevistas virtuais a candidatos, integração de novos funcionários e orientação para novos contratados.

6. Comunicar, comunicar, comunicar

Raramente as empresas se comunicam demais em tempos de crise. Procure continuamente oportunidades de comunicação com sua equipe, desde atualizações regulares da equipe de segurança global sobre o fechamento de escritórios até orientação de autoridades de saúde, mensagens de acompanhamento após as prefeituras e compartilhando como você está discutindo a situação com os clientes. Os parceiros de negócios devem estar na linha de frente, comunicando-se regularmente com seus clientes para dar o impulso de suas equipes.

7. Seja um bom cidadão corporativo

O impacto dessa pandemia é de partir o coração. Encontrar maneiras de ajudar como empresa e fornecer uma plataforma para os funcionários participarem por meio de doações ou, se possível, ser voluntário, pode ajudar a todos a sentir que estão contribuindo para suas comunidades durante esta crise.

Embora seja difícil prever neste momento quando a crise atual terminará, adotar uma abordagem empática e respeitosa agora pode ajudar seus funcionários a gerenciar melhor o ambiente atual e, possivelmente, levar a uma equipe mais engajada à medida que avançamos.

Fonte: Forbes.com 

Topics: Recrutamento e seleção, Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts