Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

A relação entre a transformação digital, o recrutamento e a retenção de talentos

Renan Macrini

Por Isabela Abreu, CEO e fundadora da RedFox

Fonte: www.mundorh.com.br

O termo transformação digital vem sendo muito utilizado no mundo corporativo e é aquele futuro que já virou presente. Ao contrário do que muitas empresas ainda pensam, a transformação digital vai muito além do que a renovação de softwares. Ela chegou para transformar a forma como pensamos os modelos de negócios. Por meio da tecnologia focada no contexto digital, a empresas deverão se tornar mais organizadas, eficientes e automatizadas. Entretanto, esse processo transcende o tecnológico e está se tornando também cultural.

A teoria parece ótima, mas ela só funciona quando implementada em todas as áreas da empresa, sem exceção. O grande erro está em pensar primeiro em como melhorar a satisfação dos clientes ou inovar o formato de entrega de produtos e serviços. Antes disso, é preciso focar em quem vai ser o time que irá desenvolver e implementar todas essas mudanças rumo à transformação digital: os talentos da sua empresa.

A formato de recrutamento e retenção passa por mudanças 

O mundo e as pessoas estão digitalizados. Quem trabalha para as empresas são pessoas. É por isso que a transformação digital deve estar dentro do departamento de Recursos Humanos. A forma de pensar do ser humano mudou e a forma como você deve recrutar e reter talentos também tem que mudar.

Para que as empresas consigam realizar melhores contratações, elas precisam de ferramentas digitais e inovadoras, além de claro, procurar no lugar certo. Há software focados em recrutamento onde viabilizam através da inteligência de dados e algoritmos os melhores matches entre vagas e candidatos.

A verdade é que não basta estar apenas online. O recrutamento está indo além do LinkedIn. Não basta estar presente nas plataformas digitais, mas não aplicar nenhuma estratégia digital. Um exemplo disso é você publicar em uma plataforma digital uma vaga e fazer o candidato digitar de forma manual as informações que já constam no currículo dele. Além deste processo ser antigo na visão do candidato, os recrutadores também sofrem barreiras quando não utilizam ferramentas inteligentes para realizar uma triagem eficiente e que leve em consideração critérios de seleção de cada vaga.

Quantas vezes um candidato participou de um processo seletivo na empresa e não teve nenhum registro digital da sua participação? O time de RH, no final das contas, não sabe quem foi ou não bem nos testes e porque cada candidato não foi aprovado para a seleção. Mas, será que esse candidato não é um match perfeito para alguma outra vaga aberta na empresa? Na hora de chamá-lo novamente, o recrutador e o candidato perdem tempo, pois sem documentação, a seleção deve iniciar novamente do zero.

Nova call to action

Pense no conceito de uma plataforma responsável por organizar informações dos candidatos e trazer mais inteligência ao processo seletivo. Essa plataforma ainda daria acesso aos candidatos a acompanharem a jornada de candidatura deles em tempo real. Além de fortalecer a marca empregadora, isso ainda evitaria que os recrutadores tivessem que enviar diariamente e-mails e receber ligações dos candidatos que querem o andamento do processo seletivo.

A transformação digital não pode parar aí. Depois da contratação, o colaborador também tem que enxergá-la durante as ações de retenção dos talentos. Já é passado achar que o RH só era para atualizar carteiras de trabalho e informar o público interno sobre benefícios. Esse departamento é um dos mais importantes dentro das empresas, pois tem o propósito de acompanhar cada um dos colaboradores, compreendendo suas necessidades, seus desejos de evolução e oferecer o que esteja de acordo com o rumo que o colaborador quer dar na sua vida profissional.

A transformação digital transforma processos de R&S em experiências 

O RH que tem a transformação digital como um dos pilares consegue proporcionar ao colaborador uma trilha digital evolutiva de carreira, deixando claro a posição atual de cada funcionário e quais são as próximas entregas importantes para que ele suba mais um degrau para o próximo patamar profissional. Durante essa trilha digital, o colaborador deve ter acesso a cursos, deve ser questionado sobre a sua satisfação no trabalho e deve dar oportunidades internas, caso ele queira mudar de time ou área de atuação dentro da própria empresa. A transformação digital bem implementada faz com que os colaboradores se sintam como parte da organização, aumentando as taxas de retenção de talentos.

A tecnologia estará para sempre presente, mas é preciso usá-la da maneira correta para colher resultados. O segredo da transformação digital está em repensar os processos analógicos e trazer a cultura digital e os novos pensamentos organizacionais através da tecnologia. Torne a sua equipe de RH disruptiva através do recrutamento e retenção de talentos focados na transformação digital.

Topics: Recrutamento e seleção

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts