Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Business Partner: o que é e por que o RH deve contratar um?

Renan Macrini

Com a descoberta da importância do RH estratégico e de como a gestão de pessoas é importante para o desenvolvimento organizacional, as empresas passaram a prestar mais atenção em profissionais capazes de ajudar a construir uma visão mais analítica dos diversos processos, garantindo assim um melhor resultado. É nesse contexto que o papel do Business Partner cresce.

Apesar do retorno positivo que esse colaborador é capaz de proporcionar, trata-se de uma profissão relativamente nova e desconhecida por muitos. Neste post, vamos apresentar o Business Partner e mostrar como e ele pode ajudar a sua organização. Também vamos apresentar como a tecnologia auxilia na escolha do profissional correto para ocupar esse cargo.

Ficou curioso? Então, continue a leitura!

O que é um Business Partner?

Podemos definir o Business Partner como um profissional de Recursos Humanos que trabalha diretamente com a liderança da empresa, buscando e aplicando ações de RH que apoiem o alcance dos objetivos organizacionais.

Esse profissional atua lado a lado com a diretoria e CEOs, participando das estratégias corporativas. Trata-se de uma função que vem se popularizando entre as corporações do mundo todo.

É responsabilidade do Business Partner garantir que as políticas internas se encaixem nas necessidades, metas e expectativas da empresa. Com um foco menor em processos como contratação e programas de benefícios, o Business Partner se concentra na visão geral do negócio. Sua preocupação é mais em estabelecer estratégias e executá-las do que coordenar práticas.

Qual a formação e as habilidades de um Business Partner?

O trabalho como Business Partner não exige uma formação específica. Encontramos profissionais na função que têm carreiras como administrador, psicólogo, analista de RH, entre outros. Porém, é imprescindível contar com experiência em gestão de pessoas e Recursos Humanos, carregando assim habilidades essenciais para a execução do cargo.

Para quem quer atuar na profissão, vale a pena investir em cursos de extensão capazes de capacitar para as atividades exercidas por esse profissional.

Além disso, é importante que o especialista domine alguns conceitos, como:

  • conhecimento aprofundado do negócio da empresa;
  • domínio de técnicas de desenvolvimento;
  • noções de administração e finanças;
  • visão estratégica;
  • saber interpretar indicadores e métricas, transformando-os em informações que serão a base da tomada de decisões.

Outro tópico importante para quem quer atuar como Business Partner é o domínio de determinadas habilidades que permitem o exercício da função. Entre as competências necessárias, podemos citar: capacidade de planejamento, conseguir colocar esses planos em prática, ter bom relacionamento com diferentes públicos (de colaboradores a investidores), antecipar riscos e mediar conflitos e interesses.

Por que o RH deve contratar um Business Partner?

O Business Partner é considerado um dos cargos mais promissores para o RH do futuro. Isso porque o profissional estabelece um elo de ligação entre o RH e a área de negócios da organização, analisando políticas, criando e aplicando estratégias.

Além de planejar e executar, esse profissional deve garantir a satisfação de todos os grupos da empresa, além de conseguir capacitar as equipes que realizarão os trabalhos para que o planejamento traga os resultados desejados.

Com a atuação desse profissional, as decisões e estratégias sem realmente materializadas, fazendo com que a empresa trabalhe como um organismo único em prol de um objetivo.

Ao mesmo tempo, a gestão de pessoas é melhor aproveitada e os indicadores aplicados constantemente para que as ações sejam monitoradas. Partindo dessa abordagem, todas as atividades e mudanças da empresa são avaliadas, tendo um direcionamento bem claro. Consequentemente, as metas são atingidas e um desenvolvimento organizacional consistente pode ser observado.

Quais são os benefícios de um Business Partner para o RH e para o negócio?

A empresa que investe na contratação de um Business Partner alcança diversos benefícios, que imapctam diretamente nos resultados do negócio.

O RH consegue focar no aspecto operacional, em outras palavras, colocar em prática o que precisa ser realmente ajustado e coordenar toda a rotina que envolve a gestão de pessoas. Fica com o Business Partner assume o papel mais estratégico, indicando o que deve ser feito, colhendo resultados e avaliando-os para entender se estão no caminho certo, ou se deve ser adotada uma abordagem diferente.

Para a organização, há uma aplicação muito maior do que foi decidido nas reuniões entre líderes, conseguindo assim um alinhamento entre o planejamento e a execução. O profissional especializado é quem faz a ponte entre essas duas pontas, garantindo um crescimento mais sólido.

O que diferencia um Business Partner de um Gerente de RH?

A diferença principal entre um Business Partner e o Gerente de RH é a participação dentro da empresa. O gerente tem uma atuação mais abrangente, mas ao mesmo tempo, generalista, cuidando de diversos aspectos importante do Recursos Humanos.

Já o esforço do Business Partner é de integrar o trabalho do RH com as metas da organização, avaliando o impacto desse setor na empresa como um todo. Ele lida muito com métricas e indicadores, tendo uma visão analítica do negócio. Também exerce um papel importante na tomada de decisões.

Nova call to action

Como desenvolver a descrição do cargo de um Business Partner?

Para ocupar um cargo de Business Partner, é importante que o profissional tenha habilidades específicas que o permitam exerce a função com bom índice de sucesso. Cabe à empresa entender bem quais são as necessidades do cargo e desenvolver uma descrição capaz de realmente selecionar os candidatos.

Para isso, o job description deve trazer informações relevantes sobre a empresa, seu ramo de atuação e as necessidades que ela tem no setor de RH. O anúncio também deve ser interessante, a ponto de despertar a atenção dos profissionais para os benefícios que a organização oferece. Como o Business Partner é uma profissão relativamente nova e com poucos especialistas disponíveis no mercado, o candidato ideal pode já ter sido contratado por outra corporação ― por isso, é importante que a descrição seja atraente o suficiente a ponto de chamar a atenção desse profissional.

Também é importante ter clareza quanto às responsabilidades do cargo (o que esse profissional deverá entregar) e, principalmente, as competências necessárias (capacidade de análise e de planejamento, bom relacionamento interpessoal etc.). Lembre-se que citamos acima que a graduação não é o principal fator de formação de um Business Partner, mas que conhecimento em gestão de pessoas é importante, então é essencial destacar esse conhecimento na descrição.

Por fim, não esqueça de transparecer um pouco da cultura da empresa por meio da linguagem adotada, para já conseguir fazer uma pré-triagem de acordo com o fit cultural.

Como aliar a tecnologia na contratação de um Business Partner?

Avaliando as competências necessárias para desenvolver o trabalho de Business Partner, podemos afirmar que são necessárias algumas habilidades comportamentais importantes, além do conhecimento teórico e técnico que a função exige.

Como detectar essas competências? Você pode aplicar testes de perfil comportamental para isso, realizando uma triagem para identificar se o candidato possui os aspectos necessários para desenvolver esse trabalho com bons resultados.

Outro recurso importante que pode ser aplicado para contratar um profissional com esse grau de especialização é o People Analytics. Com a coleta e análise de dados, é possível identificar vários aspectos sobre os candidatos e sobre o perfil de profissional ideal, a fim de fazer uma contratação que realmente atenda as necessidades da empresa.

Com a ajuda da tecnologia, é possível aplicar esses dois conceitos. O aplicativo do Taqe auxilia na realização de um processo seletivo usando o People Analytics e o perfil comportamental, com base em um teste gamificado que aponta diversos aspectos emocionais e fornece dados para uma análise mais aprofundada.

A partir dessas informações, é possível fazer uma triagem mais acertada, contratando assim um Business Partner com as competências necessárias e que consiga se encaixar na empresa. Por se tratar de um cargo tão importante para o processo decisório, esse alinhamento torna-se ainda mais necessário.

Neste post, apresentamos o papel do Business Partner, como ele pode fazer a diferença e qual o seu papel dentro de uma empresa. Contar com esse especialista para o desenvolvimento organizacional é uma maneira de garantir uma maior coesão entre os diversos setores e direcionar as ações para que as metas sejam atingidas. Com o trabalho desse profissional, o RH sabe exatamente o que deve fazer e como, preocupando-se apenas com a execução.

Vale lembrar como a tecnologia é importante para esse trabalho e pode ajudar não só na contratação, como gerando métricas relevantes que possam ser utilizadas durante o trabalho do Business Partner. Se você precisa dessa ajuda na sua empresa, entre em conttato conosco e conheça o aplicativo do Taqe!

Topics: Recursos Humanos, Recrutamento e seleção, Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts