Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Como os líderes de RH podem ganhar um lugar na mesa

Renato Dias
Sigam me:

Fonte: www.gallup.com

"Nossa gente é o nosso maior patrimônio." Essas palavras de bem-estar decoraram inúmeras paredes da empresa, sites e declarações de missão. Mas vamos ser reais, a maioria das organizações não trata seus funcionários como ativos.

Pense da seguinte maneira: uma organização que possui terrenos e edifícios garante que esses ativos sejam bem mantidos - protege seus investimentos. Então, se os funcionários são ativos, por que menos de um terço dos trabalhadores estão funcionando com eficiência de desempenho máxima?

As análises da Gallup revelam que apenas 33% dos trabalhadores dos EUA (e 15% dos funcionários globais) estão envolvidos no trabalho - o que significa que estão envolvidos, entusiasmados e comprometidos com seu trabalho e local de trabalho. Quando os funcionários não estão envolvidos, o desempenho é prejudicado e a maioria dos líderes de recursos humanos não está fazendo o que é necessário para ajudar seus funcionários a alcançar seu potencial máximo de desempenho.

Os líderes de RH - especialmente aqueles que desejam assumir papéis mais participativos como parceiros estratégicos de negócios e principais tomadores de decisão - devem abordar proativamente esse problema, como qualquer outro ativo de baixa eficiência. Com a abordagem correta de capital humano, os líderes de RH podem produzir resultados de desempenho que reforçam sua credibilidade e ganham um lugar na mesa.

Aqui estão quatro estratégias que podem ajudar os líderes de RH a maximizar seu potencial de capital humano e a se posicionarem como líderes organizacionais de destaque.

Nova call to action

Analisar o que importa

Em um mundo orientado a dados, é fácil obter dados gananciosos - em uma busca interminável por mais ou diferentes dados de funcionários. A verdade é que muitas empresas têm todos os dados de que precisam; o que falta são as análises corretas. Para gerar insights significativos que impulsionam o desempenho, os líderes de RH precisam de análises que gerem descobertas, e não dados maiores. Eles precisam extrair e processar adequadamente os dados de capital humano que possuem.

Por exemplo, análises relacionadas a resultados básicos (como retenção de funcionários) revelam apenas insights limitados (como fatores que ajudam a reter funcionários). Porém, os líderes de RH que dão um passo adiante em suas análises podem determinar o que os de alto desempenho fazem de maneira diferente, de onde vêm seus melhores funcionários e como conduzir comportamentos excepcionais de funcionários. Descobertas poderosas como essas fazem toda a diferença porque revelam ações direcionadoras de resultados; eles ajudam os líderes a traduzir dados brutos em maior eficácia operacional.

Parar de visualizar o envolvimento dos funcionários como a meta

O envolvimento dos funcionários não é o produto final; é a base necessária para criar um ambiente de trabalho que inclua alta produtividade e desempenho. Os líderes de RH devem ver o envolvimento dos funcionários como um componente de uma estratégia holística para a construção de locais de trabalho excepcionais.

Isso é verdadeiro no mundo acelerado de hoje, impulsionado pela tecnologia, com demandas de força de trabalho em constante mudança. Os líderes de RH precisam investir em seu pessoal de várias maneiras, desde priorizar o bem-estar dos funcionários até posicionar os funcionários com base em suas forças inatas, até adotar práticas de desenvolvimento de desempenho de ponta. Os líderes que implementam uma abordagem abrangente e orientada por dados para otimizar o capital humano podem atrair, envolver, desenvolver e gerenciar forças de trabalho imparáveis.

Tenha o seu papel na concretização de uma cultura de engajamento

Nas organizações com melhor desempenho do mundo, os líderes de RH são os responsáveis ​​pela manutenção da cultura do trabalho, enquanto os líderes executivos são os arquitetos que projetam a visão para uma cultura ideal.

Cabe aos líderes de RH identificar quais fatores fomentam a cultura desejada, quais sucessos vêm dessa cultura e como essa cultura permite objetivos e resultados organizacionais. Em outras palavras, os líderes de RH são responsáveis ​​por transformar palavras em ações - por inspirar os comportamentos e crenças desejados dos funcionários. Ao entender e possuir seu papel central na criação e manutenção de uma cultura, os líderes de RH podem promover a transformação cultural e se destacar aos olhos dos líderes executivos.

Conecte Iniciativas de RH às Iniciativas do Cliente

Otimizar a produtividade dos funcionários é apenas parte da equação para o sucesso organizacional. Os líderes de RH precisam ter uma visão geral, descobrindo quais estratégias de funcionários mais efetivamente impulsionam o crescimento orgânico e priorizando seus esforços de acordo. Trata-se de alinhar as metas dos funcionários e as dos clientes, pois esses resultados críticos se preveem.

 

Por exemplo, celebrar os sucessos dos funcionários com reconhecimento frequente pode aumentar drasticamente o envolvimento dos funcionários. Porém, quando os líderes de RH dão um passo adiante e comemoram os funcionários que oferecem excelência aos clientes, incentivam a centralização no cliente e demonstram aos líderes seniores que estão focados no crescimento dos resultados dos clientes.

Os líderes de RH que não estão fazendo algo sobre desempenho organizacional permanecerão inevitavelmente em papéis de apoio. Mas aqueles que olham além das agendas convencionais de RH e conectam o envolvimento dos funcionários às metas do cliente podem ajudar os líderes a enfrentar problemas de negócios em expansão e emergir como importantes consultores estratégicos.

Topics: Recursos Humanos, Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts