Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Fit Cultural: o que é, como aplicar e avaliar candidatos

Marcelo Marcondes - Atração de Candidatos

Analisar candidatos durante entrevistas de emprego, questionando-o sobre suas habilidades, costumes e hábitos, testando a sua inteligência através de provas e perguntas rotineiras são alguns dos meios de se captar um possível talento para uma empresa. 

No entanto, além de todo esse processo onde o conhecimento do candidato é posto à prova, há outro experimento existente, usado para conhecer os valores e ideais da pessoa entrevistada e assim, poder identificar quais se alinham ou chegam perto, com a cultura organizacional da empresa. Esse processo é conhecido como o fit cultural, no qual iremos nos aprofundar neste conteúdo.

O que você irá conhecer:

  1. O que é fit cultural?
  2. Qual a importância do fit cultural?
  3. Como iniciar a implantação do fit cultural nas empresas?
  4. Como aplicar testes de fit cultural?
  5. Como avaliar o fit cultural dos candidatos?
  6. Como criar uma jornada do candidato baseado no fit cultural?

O que é Fit Cultural?

Décadas atrás, geralmente, as companhias não realizavam um trabalho amplo de questionamento à competência e inteligência dos candidatos para as vagas no lugar. Quem aparecia, normalmente seria contratado. Contudo, anos se passaram, e o processo de seleção e recrutamento foi sendo aprimorado e mais exigente para que fossem realizadas contratações precisas, evitando o alto número de rotação de funcionários, conhecido como turnover, nas organizações.  

Agora, as empresas buscam, durante o processo seletivo comum, incluir questionamentos sobre ética, autoconhecimento, atitudes, crenças, objetivos e muitos outros aspectos para assim, realmente conhecer seus candidatos. O procedimento ficou conhecido como fit cultural, pois tem o objetivo de encontrar candidatos que se identificam com os mesmos ideais que a empresa já possui, além de avaliar a capacidade que um candidato possui para se adequar à cultura organizacional da companhia.

Por isso, para iniciar a escolha de possíveis profissionais que podem se encaixar com os costumes desenvolvidos na empresa, é ideal que a empresa por completo possua uma cultura organizacional predefinida. Assim, possibilitando que as perguntas realizadas durante o processo seletivo para identificar o fit cultural entre o candidato e a organização sejam precisas e primordiais.

Para a empresa, esse meio facilita um comum acordo com seu funcionário, evitando possíveis desgastes e problemas futuros por se “identificarem”, de certo modo. Já para o funcionário, a dificuldade para obter sucesso em entrevistas vem aumentando com o passar dos anos, pois apenas o conhecimento intelectual pode não ser o bastante para se encaixar no perfil desejado pela empresa e conseguir o emprego.

Qual a importância do fit cultural?

O objetivo principal do fit cultural é alinhar a cultura organizacional e os valores dos possíveis novos funcionários durante processos seletivos. E, com o sucesso obtido em identificá-los e logo contratá-los, aspectos como turnover, produção e o clima no ambiente do trabalho tendem a serem afetados de forma positiva.

Sabemos que, um funcionário habituado ao ambiente de trabalho, propende a se manter por um longo período neste mesmo lugar. Com isso, a rotação de troca de funcionários diminui consideravelmente com a chegada de funcionários que se identificaram logo no início de sua jornada na companhia, assim reduzindo gastos com processos seletivos e auxiliando na retenção de talentos. 

O funcionário conhecido como “aquele que veste a camisa” e que permanece satisfeito e por mais tempo na empresa, possui todos os aspectos e características para produzir mais do que seus colegas. Por isso, através da realização de um fit cultural bem realizado, é possível auxiliar de forma direta na produção da empresa.

Quando precisas, as contratações geram frutos que não podem ser mensurados através de números, ou seja, são capazes de promover mais entusiasmo, comunicação, engajamento, comprometimento e a melhora do ambiente de trabalho.

Como iniciar a implantação do fit cultural nas empresas?

Antes de iniciar a busca por perfis que se encaixam com a cultura da empresa, esta deve ser definida de forma clara por seus proprietários e documentada para este tipo de fim. Para iniciar o processo de implementação deste conceito na empresa, caso não possua, é ideal que comece identificando quais são os principais aspectos presentes dentro da empresa, normalmente ligado ao desenvolvimento de funcionários, as lideranças presentes seguindo o organograma da empresa, atingindo os diferentes setores, além de reajustar a comunicação interna entre eles e os empregadores.

Após o processo de autoconhecimento da companhia, chegou o momento de localizar aspectos indesejáveis presentes na empresa, como mal hábitos, atitudes ruins e outros pontos negativos e realizar a melhoria necessária para diminuir a sua presença no ambiente de trabalho.

Agora que as ideias já foram pensadas, melhorias foram localizadas e aplicadas, está na hora de colocá-las no papel, literalmente. Conhecido como código de cultura, a empresa deve colocar a sua cultura organizacional em um documento, contendo missão, visão, valores e demais tradições, para que se torne mais acessível principalmente durante a realização do fit cultural.

Depois de finalizar o documento, é importante que a companhia, através de líderes e gestores, inicie o trabalho de divulgação da cultura organizacional e auxiliem no envolvimento e assimilação de todos os atuais funcionários com a ideia. Após implementada, o diagnóstico para alinhamento da cultura da empresa e do candidato é facilitado e guiado de forma mais coesa com as ferramentas predispostas para o profissional.

Com tudo pronto e preparado, a melhor forma para iniciar a busca de novos talentos após a definição do comportamento da organização é através da divulgação detalhada e bem descrita das novas vagas. Neste momento, é o processo de identificação do candidato com a oportunidade de emprego, por isso, é importante que as competências, cultura e o perfil da empresa sejam destrinchados ao longo da descrição da vaga, dando oportunidade para o candidato conhecer a empresa e concorrer, caso seja de seu agrado e de acordo com seus ideais.

Por fim, antes de marcar horas e datas para a realização das entrevistas, recomenda-se que a empresa aplique testes comportamentais online, podendo ser um ótimo filtro prévio antes de conhecer os candidatos. Similar aos testes de fit cultural, este tipo de requerimento promove questionários com perguntas que consistem na avaliação de comportamento do candidato, predefinindo perfis com classificações diferentes, alterando dependendo das respostas escolhidas, assim podendo conhecê-los antes mesmo de uma possível entrevista.

Nova call to action

 

Como aplicar testes de fit cultural?

Antes de realizar algumas das etapas mencionadas abaixo, é ideal que a cultura organizacional da empresa já seja identificada, esteja sendo aplicada dentro da empresa e documentada, como destacado anteriormente. Com todos os preparativos executados, geralmente a empresa já vai ter uma ideia do perfil do candidato ideal para as vagas e estará pronta para iniciar a aplicação dos testes de fit cultural.

Para iniciar a aplicação, basta juntar todas as informações obtidas anteriormente e usá-las em um processo de triagem dos pretendentes, capaz de identificar as habilidades e principalmente, o comportamento do candidato perante a cultura da empresa.

Há diferentes formas de testes de fit cultural e por isso, abaixo vamos destacar os formatos mais conhecidos e utilizados pelos Recursos Humanos.

Tipos de testes

O mapeamento de candidatos pode ser feito de distintas maneiras, sendo utilizado mais de uma forma em alguns casos, mas sempre definidos de acordo com a cultura da empresa e como os profissionais desejam testar os candidatos.

Abaixo, é possível visualizar os formatos usados:

Entrevista

Na famosa e característica entrevista, é possível identificar algumas características do pretendente que não seriam capazes de serem reconhecidas através de práticas teóricas, como provas e questionários. Este é o momento que o recrutador utilize um roteiro de perguntas para testar a personalidade e as atitudes do candidato através de suas respostas dadas durante o bate-papo.

Esta forma de entrevista minimiza os clichês das respostas comuns e através de perguntas situacionais, é capaz de detectar o perfil e a cultura do candidato de forma rápida e espontânea.

Dinâmicas em grupo

O formato de entrevista em grupo feito para aplicar testes em formato de situações que podem ocorrer no ambiente do trabalho pode ser um forte aliado a detectar os perfis dos candidatos devido à competição entre eles ali gerada. 

Características relacionadas ao comportamento e a forma como trabalham sob pressão e a concorrência gerada na atividade podem ser fundamentais para identificar um candidato que se aplique à vaga.

Testes comportamentais

Os testes comportamentais são, em alguns casos, a única forma utilizada por uma empresa para analisar o perfil comportamental de seu candidato. No entanto, é um método de forte eficiência devido às perguntas presentes nos testes e questionários aplicados.

Nessa etapa, a empresa deve definir perguntas que buscam detectar as competências, habilidades, as experiências e o perfil profissional do pretendente de forma direta. Lembrando que, as perguntas devem colocar os candidatos em situações de pressão, onde eles vão ser responsáveis por resolver algum problema específico ou situações que podem enfrentar durante a rotina de trabalho na companhia. O resultado é responsável por mostrar se o candidato possui ou não o fit cultural ideal para a organização.

Como avaliar o fit cultural de candidatos?

Com os resultados dos testes em mãos, as entrevistas e dinâmicas já finalizadas, está na hora de decidir se o candidato possui o fit cultural alinhado com a empresa e assim, poder conseguir a vaga. O resultado contará com as ações, dados e características que podem ou não, serem de acordo com o desejo do empregador.

As respostas devem dar uma imagem clara de como tal profissional agiria de acordo com as diferentes situações do dia a dia na companhia, sendo positivas ou negativas. Por isso, além de mensurar as habilidades e o conhecimento divulgados pelo candidato, através do estudo de suas respostas fornecidas através dos testes, o profissional de RH deve ser capaz de identificar o candidato perfeito em ambos os critérios do processo de seleção.

A TAQE possui um dos melhores software de recrutamento e seleção do mercado, onde você pode configurar conforme a cultura da sua empresa. Conheça agora!

Como criar uma jornada do candidato baseado no fit cultural?

A jornada do candidato se inicia após ser informado de uma vaga na empresa ou principalmente, visualizá-la nas páginas de carreira e redes sociais, como o LinkedIn até o momento em que é o escolhido para o cargo. 

Em relação ao fit cultural, a empresa já deve iniciar o processo de alinhamento de sua cultura organizacional com os candidatos nessas plataformas, informando descritivamente sobre o cargo, funções, perfil de candidato desejado e claro, demonstrar sua cultura ao longo do texto.

Por conta disso, é de suma importância que a jornada do candidato seja criada e/ou reajustada de acordo com o fit cultural definido pela companhia. Assim, a jornada se tornará recompensadora e ainda mais aprimorada pela técnica adotada durante o processo de recrutamento escolhido.

Topics: Processo Seletivo

Nova call to action