Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Talent acquisition: o que é e como aplicar as melhores técnicas

Renan Macrini

A preocupação com a aquisição de talentos para a empresa faz com que o RH busque novas estratégias de atração e seleção de pessoas, buscando os profissionais mais bem qualificados e que se alinhem com a cultura organizacional. Uma das ferramentas usadas é o talent acquisition.

Esse trabalho tem foco principalmente no longo prazo e diferente do recrutamento e seleção tradicionais, trazendo uma nova visão para a empresa dentro desse processo de contratação de profissionais.

Quer entender o que é o talent acquisition e como ele pode ajudar a sua organização? Então, continue a leitura!

O que é talent acquisition?

O talent acquisition é, explicando de maneira bem simples, a tarefa de encontrar a pessoa certa para ocupar uma vaga na empresa.

Trata-se de um processo cíclico, voltado para a construção de relacionamentos, antecipando as necessidades futuras de contratação e criando um banco de talentos. É uma abordagem mais estratégica e que voltada para resultados a longo prazo.

Qual a diferença entre recrutamento e talent acquisition?

Esses processos são comumente confundidos, afinal, ambos tem como objetivo o preenchimento de vagas. Porém, é importante destacar as diferenças entre o recrutamento e o talent acquisition.

O recrutamento busca preencher as vagas em curto tempo, enquanto o talent acquisition é um trabalho feito visando o preenchimento de cargos para o futuro, pensando nas pessoas que podem assumir um cargo de alta posição na hierarquia corporativa.

Mais do que preencher vagas, o talent acquisition é um processo contínuo que procura identificar os candidatos mais indicados para posições executivas, de liderança e cargos que exigem um treinamento especializado.

Os setores que têm maior carência de profissionais qualificados são os que mais podem tirar vantagens do talent acquisition, como tecnologia, energia e telecomunicações, por exemplo.

4 cases de como aplicar o talent acquisition

Para ilustrar melhor como essa abordagem pode ser aplicada pelas empresas, selecionamos 4 cases de sucesso. Entenda melhor a utilização dessa estratégia na prática.

Accenture

Em 2013, a Accenture aplicou um programa que mudou totalmente a estrutura da organização e seu relacionamento com os clientes. Como consequência, era necessário recrutar para funções totalmente novas, como consultores de big data.

Como estratégia de talent acquisition, a empresa convidou alguns candidatos para conhecer as tecnologias e soluções, e criou uma sala totalmente interativa onde essas pessoas podiam mexer em demos dessas soluções usando iPads, contas do Twitter, controles de Xbox, entre outros dispositivos.

Além disso, a empresa usou o Google Hangouts para que as pessoas pudessem conversar com funcionários da Accenture, estreitando o relacionamento e tornando-o mais dinâmico. Os profissionais de recrutamento da empresa também usaram seus perfis no Linkedin para atrair os talentos, divulgando as oportunidades.

Como resultados das estratégias, os vídeos do Google Hangouts alcançaram mais de 2.500 visualizações, o uso de redes sociais contribuiu para um aumento de 100% nas candidaturas, os índices de conversão aumentaram (um a cada seis candidatos foi contratado, sendo que a média é de um a cada 20 quando o processo é intermediado por agências), e o número de contratações dobrou em relação ao ano passado.

Unilever

A unidade inglesa da Unilever reconheceu a necessidade de fazer um processo de recrutamento e seleção mundial, capaz de atrair principalmente profissionais millennial. A intenção da empresa era de que até 2020, 60% da força de trabalho da empresa fosse composta por pessoas dessa geração.

Para alcançar esse objetivo, a organização criou o Future Leaders Programme, um processo seletivo bem exigente com pessoas recém-formadas, fazendo uma triagem de 800 profissionais entre um grupo inicial de 250.000.

A estratégia adotada foi o uso da tecnologia para essa triagem, promovendo um maior engajamento dos candidatos. Dentro dessa abordagem, foram adotadas entrevistas em vídeo realizadas pelo celular e avaliações de competência.com a ajuda da inteligência artificial.

A cada etapa do processo seletivo, os participantes recebiam feedbacks sobre a aprovação. O recrutamento e seleção foram muito bem sucedidos, otimizando o tempo dos candidatos e promovendo uma economia de 1 milhão de pounds em um ano. O período necessário para esse recrutamento diminuiu 75% e foi possível alcançar uma diversidade muito maior nas contratações.

Coca-Cola

A Coca-Cola FEMSA estava em um período de transição de uma cidade para outra, um desafio para a empresa que precisaria montar um time completo em um período de 40 dias. A unidade, por se tratar de uma Central importante para o funcionamento do negócio, não poderia deixar de funcionar.

Para resolver esse desafio, a empresa contou com as soluções do Taqe, que adotou as seguintes técnicas:

  • ajudou na definição dos perfis ideais para as vagas; 
  • se responsabilizou pela divulgação dessas oportunidades usando a força da marca empregadora da Coca-Cola;
  • usou o aplicativo para fazer a triagem e identificar as competências dos candidatos;
  • realizou o agendamento com os profissionais que mais se aproximaram do perfil ideal definido no início do processo.

Como resultado, foi possível a triagem de 331 entre 42.500 currículos para a dinâmica de grupo, e a contratação de 77 novos colaboradores com alto nível de aderência às vagas. Esse índice de acerto foi tão grande que foram necessárias apenas 2 recontratações após o processo, o que demonstra a eficiência da abordagem adotada.

Sequoia

A Sequoia contou com a parceria do Taqe para as contratações de uma fábrica em outra cidade,  usando critérios de seleção bem específicos. A solução adotada foi o uso de tecnologia para a coleta, leitura e análise de dados.

Como a proximidade com a nova unidade da fábrica era importante, a triagem foi feita com base na geolocalização, além de competências comportamentais para que houvesse o alinhamento ideal entre empresa e profissional.

O processo seletivo foi um sucesso, com 80% de aprovação e preenchimento de todas as vagas em tempo 5 vezes menor do que o necessário para uma seleção desse porte realizada nos métodos tradicionais.

Quais são os principais benefícios do talent acquisition?

Indicamos aqui as maiores vantagens da adoção dessa ferramenta para otimizar a atração e a triagem dos profissionais.

Aumento da eficiência operacional

O uso do talent acquisition permite um recrutamento inteligente realizado globalmente, com redução de custos e resolvendo lacunas de talento regionais. Isso pode ser feito com campanhas de comunicação direcionadas para cada área geográfica, atraindo os profissionais para uma candidatura ativa ou pelo menos, para a participação em treinamentos online para vagas similares.

A imagem da organização também é reforçada, graças às oportunidades de desenvolvimento na carreira.

Melhora da jornada do candidato e do employee experience

Com o desenvolvimento de um programa de talent acquisition, é possível reforçar os pontos relacionados à missão e aos valores da empresa. A partir dessa postura, os candidatos provavelmente terão uma identificação com esses aspectos, aumentando o alinhamento com a cultura organizacional.

Mesmo que a aquisição de talentos seja feita em vários estados ou até países, é possível despertar um sentimento de valorização e de construção de comunidade. Isso traz um engajamento muito maior e torna a jornada do candidato durante o recrutamento e seleção, e o employee experience após a contratação, muito mais ricos e positivos.

Aumenta a diversidade

A aplicação do talent acquisition ajuda a atrair profissionais que fogem do padrão adotado durante o recrutamento tradicional, aumentando muito a diversidade de profissionais.

Essa diversidade, além de favorecer a inovação e a marca empregadora, colabora muito para o alcance das metas organizacionais.

Criação de novas soluções

Uma estratégia bem trabalhada de talent acquisition auxilia na aquisição de talentos estratégica, realizada a partir das competências dos colaboradores e como essas habilidades são capazes de contribuir com a empresa.

A partir desses talentos técnicos, comportamentais e cognitivos, a organização consegue desenvolver soluções mais eficientes e até mesmo disruptivas, capazes de conquistar um espaço totalmente novo no mercado.

 

O talent acquisition entra como mais um recurso para que o RH consiga fazer aquisições de talentos melhores, estimulando um recrutamento inteligente por meio de ações que estimulem o profissional a se candidatar ativamente para uma vaga. Essa estratégia torna o processo mais barato, eficiente e capaz de construir equipes engajadas, que “vestem a camisa” da empresa.

Quer experimentar esses benefícios também na sua organização? Solicite uma demonstração gratuita da solução do Taqe e saiba na prática como podemos ajudar!

Topics: Recrutamento e seleção, Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts