Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Perfil comportamental: tipos de teste e como aplicar avaliações

Cauri Iwamoto

Índice:

Na tentativa de fazer melhores contratações, alinhadas à cultura organizacional, os recrutadores têm apostado na realização de testes de perfil comportamental. Por meio dessas avaliações, é possível compreender um pouco mais das características do candidato à vaga e analisar se essa pessoa tem condições de ocupar o cargo e estabelecer um bom relacionamento com os colegas.

Outro uso dos testes comportamentais dentro do ambiente de trabalho é para a estruturação de equipes e promoção de funcionários para cargos mais altos. Com essas análises, o RH identifica se o profissional possui as competências emocionais necessárias para exercer determinada função.

Quer entender melhor o que é o perfil comportamental e como essas avaliações são aplicadas? Continue a leitura!

O que é e para que serve o perfil comportamental?

Podemos definir o perfil comportamental como o padrão de comportamento de determinada pessoa, que sofre influências de sua educação, experiências anteriores e tendências individuais.

Embora cada um tenha características próprias, esses perfis possuem uma certa semelhança, o que permite o agrupamento dentro de determinados padrões ou grupos.

A identificação desse perfil comportamental é importante para que as empresas consigam fazer uma melhor gestão de pessoas. Por meio de testes que permitem a identificação do perfil dos colaboradores, é possível montar equipes coesas e que possuam as competências necessárias para o desenvolvimento do trabalho de maneira criativa e engajadora.

A aplicação dessas avaliações também ajuda na contratação. Entendendo qual é o perfil dos candidatos, a empresa consegue escolher os que apresentam maior alinhamento com a cultura organizacional. Dessa maneira, ela garante um maior engajamento e combate o turnover.

Além disso, a percepção dessas habilidades pode ajudar no desenvolvimento profissional dos colaboradores, que com a ajuda de feedbacks da liderança, conseguem trabalhar suas competências com mais inteligência e desenvolver os pontos falhos.

Como funcionam os testes de perfil comportamental?

Os testes de perfil comportamental devem ser aplicados por um gestor de RH ou psicólogo especializado para que haja mais confiança nos resultados. Com as respostas obtidas nos  questionários, os avaliadores conseguem identificar as competências emocionais predominantes.

Alguns desses testes podem ser aplicados com a ajuda de ferramentas tecnológicas, para facilitar a coleta e análise de resultados, mas não se trata de um aspecto indispensável para que as avaliações sejam realizadas.

Vale lembrar que não existe perfil correto, tampouco reprovação nessas avaliações. Cada tipo de personalidade é capaz de auxiliar a organização em determinado momento, e o uso dessas características como critério de seleção depende dos objetivos e identidade da empresa.

5 benefícios do uso do mapeamento do perfil comportamental

Ao realizar o mapeamento do perfil comportamental, a empresa obtém diversas vantagens que superam os investimentos para a realização dessas avaliações, seja durante o processo seletivo ou no acompanhamento dos colaboradores.

Conheça os principais.

1. Diminuição do turnover

O turnover provoca grandes prejuízos para a corporação, além de prejudicar o employer branding. Aferir o perfil comportamental ajuda a manter esse índice sob controle, já que a empresa consegue contratar pessoas mais alinhadas à cultura da empresa.

Aos que já estão contratados, é possível incluí-los em equipes e atividades mais coerentes com suas habilidades, aumentando o período de contratação dessas pessoas.

2. Aumento da produtividade

Ao identificar as soft skills dos profissionais, é possível alocá-los em funções capazes de aproveitar essas habilidades. Assim, além de aumentar a produtividade e obter produtos/serviços com grau mais alto de qualidade, é possível melhorar o engajamento desses funcionários.

3. Maior autoconhecimento

As avaliações de perfil comportamental não são positivas apenas para a empresa. Os empregados também conseguem aproveitar esses testes para entender melhor as suas posturas e reações e adotarem comportamentos capazes de promover o seu próprio crescimento na carreira.

4. Favorece o planejamento estratégico

Com base nos resultados das avaliações de perfil, os gestores conseguem identificar as pessoas com maior potencial de liderança, estruturando um plano de carreira consistente.

Essas informações também podem ser usadas durante os feedbacks, em conjunto com as avaliações de desempenho, para uma estratégia de desenvolvimento individual.

5. Economia de tempo e dinheiro

Com maior precisão durante o processo seletivo e aproveitamento das competências emocionais dos colaboradores, a organização obtém uma economia considerável de recursos.

É possível reduzir gastos com direitos trabalhistas, por diminuir o número de demissões, e também usar o tempo da maneira mais inteligente, obtendo uma maior produtividade dos funcionários.

Os 4 tipos de perfis comportamentais dentro de sua empresa

Podemos agrupar os profissionais em 4 perfis principais de comportamento. São eles:

Comunicador

As pessoas com perfil comunicador são carismáticas e persuasivas, exercendo grande influência nos demais. Embora tragam muita energia à equipe, são pouco comprometidos com prazos e análises, o que prejudica uma abordagem mais centrada e objetiva. Essas pessoas também apresentam dificuldades na organização e comprometimento.

Ao mesmo tempo, têm uma grande habilidade para o relacionamento interpessoal e trazem ao time um ambiente mais leve e engajado, com uma boa conexão entre os profissionais.

Executor

O perfil executor tem uma preocupação constante com os resultados e possui um caráter bem direto e objetivo. Contar com pessoas de perfil executor na equipe é garantia de que as metas serão alcançadas. Porém, esses profissionais têm uma certa dificuldade na integração com outras pessoas e para trabalhar em conjunto.

Executores fazem o que for necessário para alcançar resultados e enxergam os problemas como desafios. Equipes com uma forte presença de executores geralmente ultrapassam as metas estipuladas.

Planejador

Esse profissional apresenta um ritmo constante de trabalho e dificilmente sofre com imprevistos, pois tem como hábito planejar a realização de todas as tarefas com antecedência.

É um perfil que apresenta bastante estabilidade e segurança, mas tem dificuldades para lidar com situações inesperadas graças à dificuldade para pensar de maneira criativa e improvisar.

Uma pessoa com perfil planejador gosta de ajudar os demais e trabalha bem em equipe. Possui várias características de líder, mas dificilmente consegue superar os resultados desejados, mantendo-se na “média”.

Analista

O profissional analista é responsável, organizado e meticuloso. Ele controla com sucesso tarefas rotineiras e é capaz de melhorar fluxos de trabalho para que a execução seja sempre a melhor possível.

Pessoas com esse perfil têm dificuldade de lidar com situações de pressão e são bastante precisos. São o tipo de colaborador ideal para tarefas que exigem pesquisa, conhecimento e ponto de vista estratégico.

Como pontos negativos, os trabalhadores analistas têm problemas com o autogerenciamento e a indecisão.

Os 5 tipos de testes comportamentais e como aplicá-los

Existem diversos modelos de testes comportamentais eficientes e que trazem resultados precisos. Aqui reunimos os que são mais comumente usados pelas grandes empresas.

DISC

O teste DISC baseia-se na teoria do psicólogo William Marston, que aponta as pressões internas e externas como essenciais durante a tomada de decisão. Essa teoria defende que todos temos as quatro características em nossa personalidade, mas tendemos a agir com predominância de um desses 4 perfis:

  • Dominance (Dominância): mostra como a pessoa lida com dificuldades e desafios;
  • Influence (Influência): traz aspectos sobre relacionamento e capacidade de influência dos colegas;
  • Steadiness (Estabilidade): indica o posicionamento e como a pessoa 

lida com mudanças;

  • Conscientiousness (Conformidade): mostra a capacidade de adequação às regras.

Essa avaliação é feita por meio de questionários com respostas de múltipla escolha sobre preferências pessoais, opiniões e atividades que trazem prazer e satisfação. Os resultados vão apontar qual das 4 características dentro do método DISC é a dominante.

MBTI

O teste MBTI foi criado na Segunda Guerra Mundial, por duas professoras: Katharine Briggs e Isabel Briggs Myers (mãe e filha, respectivamente). Elas desenvolveram essa avaliação com base em uma teoria Junguiana, abordada no livro “Tipos Psicológicos”, de 1921.

De acordo com a avaliação Myers-Briggs, as personalidades podem ser baseadas em quatro pares dicotômicos, que indicam como usamos a nossa energia, coletamos dados e concluímos processos. Essas dimensões são:

  • Fonte de energia ou atitude: Extroversão (E) / Introversão (I);
  • Modo de perceber o Mundo: Sensação (S) / Intuição (N);
  • Maneira de avaliar, julgar, organizar e decidir: Racionalistas (T) / Sentimentais (F);
  • Estilo de vida: Julgadores (J) / Perceptivos (P).

Essa avaliação é aplicada por meio de um questionário, que pode ser impresso ou digital. Os colaboradores respondem às perguntas dentro de uma escala entre “discordo totalmente” e “concordo totalmente”. Um relatório com os resultados traz informações detalhadas sobre cada perfil, que combina a predominância de cada aspecto dentro das 4 esferas indicadas acima, mostrando pontos fortes e fracos de cada um.

Teste Palográfico

O teste palográfico permite o acesso de características importantes no indivíduo por meio de representações gráficas. Alguns dos aspectos detectados são:

  • iniciativa;
  • uso de álcool ou outras substâncias;
  • produtividade;
  • equilíbrio emocional;
  • ritmo de trabalho;
  • extroversão, entre outros.

Neste caso, o avaliador pede para que o profissional faça pequenos traços verticais ― os palos. Esses traços possuem diferenças no formato e posicionamento, que indicam de maneira projetiva as emoções e traços de comportamento da pessoa que está sendo avaliada.

Embora pareçam simples, tanto a aplicação quanto a avaliação dos resultados do teste palográfico são bem complexos, e requerem a participação de um profissional de psicologia especializado para que apresente resultados fidedignos.

Testes dos bichos

O teste dos bichos baseia-se em 4 perfis comportamentais representados por animais, de acordo com as seguintes características:

  • Lobo: identifica pessoas organizadas, pontuais e que sempre seguem um planejamento. Eles possuem dificuldade para se adaptar às mudanças, são previsíveis e leais.
  • Gato: o gato traz um perfil que valoriza o relacionamento. São indivíduos curiosos, sensíveis, trabalham bem em equipe e focam em pessoas.
  • Águia: o profissional representado pela águia é impetuoso, não tem medo de se arriscar e gosta de desenvolver soluções e projetos. Essas pessoas têm como principais valores a criatividade e a liberdade, e são voltados para o futuro.
  • Tubarão: o tubarão identifica pessoas com foco na execução do projeto, com grande senso de urgência e praticidade. Esses indivíduos estão sempre comprometidos com os objetivos e focados nos resultados.

Como descobrir o perfil comportamental usando a gamificação?

O processo seletivo é uma das atividades mais lentas e caras para as empresas. Por isso, elas estão sempre buscando alternativas de otimizar esse trabalho, mantendo um alto índice de aproveitamento.

Grandes corporações estão substituindo os currículos em papel por tecnologias que permitam a triagem dos candidatos usando palavras-chave que abordem os aspectos importantes para o preenchimento da vaga.

Ao adotar essas tecnologias, é possível reduzir em 3 vezes o tempo necessário para seleção e fortalecer a marca empregadora.

Uma boa solução é aplicar técnicas de gamificação para auxiliar na avaliação comportamental. Por meio de testes em formato de jogos, o candidato revela dados relacionados à sua personalidade já durante a aplicação para a vaga. Isso ajuda a empresa a fazer uma pré-triagem eficiente, selecionando apenas os profissionais que tenham adesão com o perfil de profissional desejado.

Essa abordagem foi usada no processo seletivo da Coca-Cola FEMSA, que conseguiu contratar 77 colaboradores em apenas 40 dias para uma nova filial. O processo contou com a participação do Taqe, que pode colaborar com uma solução capaz de auxiliar na triagem de diversos fatores como geolocalização, conhecimentos específicos e perfil comportamental.

Como montar times baseados em perfil comportamental nas organizações?

A estruturação de uma equipe multicomportamental pode ser um verdadeiro trunfo para a organização, que contará com um time completo. Todas as competências necessárias para o alcance de resultados expressivos estarão ali, favorecendo uma abordagem bem eficiente e produtiva.

Além disso, essa composição traz maior flexibilidade aos gestores, que podem reestruturar essas equipes de acordo com as necessidades de cada projeto.

Ao obterem uma visão das soft skills de cada um, é possível ter uma visão holística do quadro de funcionários e pensar em ações capazes de despertar o máximo de engajamento individual, compondo assim times fortes e totalmente motivados.

Conclusão

O perfil comportamental surge como ferramenta estratégica para uma gestão de pessoas mais acertada e precisa, dando as informações que o RH e os líderes precisam para organizar as equipes e obter a maior produtividade possível.

Se você ainda ignora esses aspectos e concentra-se apenas nas habilidades técnicas, é hora de repensar a postura da empresa em relação a esses critérios. Muitas grandes organizações contratam hoje com base no perfil comportamental, pois compreendem que alguns conhecimentos podem ser desenvolvidos durante a experiência.

Quer instituir a avaliação do perfil comportamental na sua empresa? Venha conhecer a solução do Taqe e saiba como podemos ajudar nesse processo!

Topics: Recursos Humanos, Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts