Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

RH 4.0: Como a tecnologia está transformando a gestão de pessoas

Marcelo Marcondes - Atração de Candidatos

Índice:

  1. O que é RH 4.0?
  2. Qual a diferença entre o RH tradicional x RH 4.0?
  3. 5 benefícios de revolucionar o RH na sua empresa
  4. Desafios do RH na era 4.0
  5. RH 4.0: Como implementar inovações
  6. 3 tendências do RH 4.0 para você ficar de olho
  7. 2 cases práticos do conceito de RH 4.0

A indústria já vem há tempos passando por diversas evoluções. Você já teve ter ouvido falar da indústria 4.0 e todos os benefícios que ela trouxe ao dia a dia do chão de fábrica e gestão da produção. Entretanto, a tecnologia está indo muito além e trazendo uma nova era em diferentes áreas. Se você ainda não está por dentro do conceito do RH 4.0, esse artigo é para você! Nele vamos abordar diferenças entre o RH tradicional e o 4.0, apontando os desafios, inovações, tendências e cases de sucesso.

Para instigar a sua curiosidade e dar uma amostra sobre algumas surpresas que você pode ter ao estudar sobre o RH 4.0, já vamos iniciar esse conteúdo com um questionamento: você sabia que a tecnologia não tem o papel principal quando falamos em RH 4.0? Se está se perguntando quem é o protagonista desta nova era, aqui vai a resposta: as pessoas. Venha saber mais detalhes ao longo deste conteúdo. 

O que é RH 4.0?

O RH 4.0 tem foco em utilizar de forma inteligente as ferramentas tecnológicas (tecnologia, aplicativos, softwares) para transformar a área com o objetivo de agir de forma mais estratégica e menos burocrática.

O RH está se tornando cada vez mais automatizado e inteligente, entretanto a força de trabalho de um ser humano continua sendo a vertente dos resultados. As empresas já entenderam que investir em tecnologia de forma aleatória não é eficaz. É preciso ter uma equipe de profissionais por trás, pensando na estratégia e planejando quais as tecnologias que devem ser implementadas, de forma combinada, que fará com que a empresa chegue mais rapidamente e com menos custos no objetivo final.

O comportamento dos profissionais também está em constante mudança e a concorrência das empresas em busca dos melhores talentos do mercado é uma corrida que nunca parece chegar ao fim. A gestão do comportamento e identificação dos perfis dos colaboradores é essencial para que, novamente, as mentes pensantes do RH planejem ação e estratégias que foquem na atração e retenção destes profissionais.

Portanto, podemos dizer que o RH4.0 tem como base a estratégia (o que fazer), a tecnologia (como fazer) e a gestão do perfil dos funcionários (para quem fazer).

Qual a diferença entre o RH tradicional x RH 4.0?

Há inúmeras diferenças e elas são fáceis de serem identificadas, veja:

O RH tradicional foi conhecido por muitas décadas como uma área que só gerava custos e gerenciava a burocracia necessária para manter um funcionário de maneira legal perante o governo e leis trabalhistas. Folha de pagamento, cartão ponto (horas trabalhadas, horas extras, férias, folgas, feriados), pagamento de salários, vale transporte e alimentação, entre outros. Além de ser um trabalho puramente manual, não exigia estratégia inteligente na criação de ações focadas em atração de candidatos, retenção de talentos, seleção baseada em critérios de seleção em fit cultural e perfil comportamental, por exemplo.

O RH 4.0 vem com força para mudar a característica de uma área antes vista como burocrática em uma área de apoio estratégico para a valorização do capital humano e atingimento dos resultados nas organizações. O comportamento do profissional tem grande influência nesta nova era. O pensamento antigo é de que o trabalho era uma forma de sustento. Atualmente, com grande influência da geração dos milênios, espera-se que o trabalho faça parte do propósito de vida do profissional e que tudo que envolva o trabalho seja voltado à experiência.

Podemos dizer que o RH 4.0 é mais focado na atração, seleção e retenção de talentos qualificados e no desenvolvimento do capital humano em conjunto com a aplicação de novas tecnologias com foco no aumento da produtividade. Não podemos esquecer que a parte burocrática continua existindo, porém, a automação e o gerenciamento inteligente destas tarefas ajudaram ao profissional de RH a se tornar menos “robô” e mais estratégico.

Quando falamos em RH 4.0 não podemos deixar de citar a transformação digital, que está sendo responsável por modificar a forma como pensamos os modelos de negócios transcendendo o mundo digital, tecnológico e cultural. O RH 4.0 chegou para alinhar esses novos cenários do mercado de trabalho com o dia a dia dentro das empresas, atendendo não só às necessidades dos profissionais da área, como também de todos os colaboradores que trabalham para a empresa.

O RH agora está voltado para a gestão estratégica de pessoas, as empresas já perceberam que seu principal ativo são as pessoas. Desde a busca de talentos até o gerenciamento de desempenho são realizados com o mínimo de intervenção humana, o que dá aos profissionais mais tempo para um desempenho mais analítico e menos operacional.

As soluções e aplicativos voltadas para a área de RH invadiram o mercado. São softwares de atração, recrutamento e seleção, plataformas de teste de desenvolvimento de funcionários, aplicativos de pesquisa de satisfação e engajamento, ferramentas de comunicação interna, sistemas de gerenciamento de pessoas. Essas ferramentas são ancoradas por tecnologias inovadoras como Cloud Computing, Big Data, Internet das Coisas, Inteligência de dados e Inteligência Artificial.

5 benefícios de revolucionar o RH na sua empresa

Assim como a indústria sentiu diversos benefícios e passou por um cenário de mercado significativo com a chegada da Indústria 4.0 – aliás, você sabia que esse termo surgiu em 2011, em uma das maiores feiras mundiais de tecnologias industriais, a Feira de Hannover? – a área de Recursos Humanos já está vivenciando e comprovando benefício da implementação das tecnologias estratégicas para cada empresa.

Veja os principais impactos positivos quando se pensa estrategicamente e se investe na combinação das tecnologias com o foco na assertividade da área de RH:

1.Processos otimizados e automatizados

Imagine ter mapeado os processos internos da área de Recursos Humanos e conseguir automatizar diversas etapas para que os profissionais não precisem fazer o trabalho manual. Esse é um dos grandes benefícios quando se investe na revolução do RH. Além de economizar tempo e diminuir as chances de erro humano, a otimização dos processos oferece mais confiabilidade para a rotina da área e disponibiliza mais tempo para o profissional pensar de forma estratégica, visto que não precisa investir horas do seu dia em tarefas repetitivas e operacionais.

2.Tomada de decisão mais assertiva

A coleta de dados confiáveis e análise inteligente desses dados dá a oportunidade para os gerentes terem informações relevantes sobre as diferentes áreas que tem ligação direta com o RH. Ter a visão sistêmica dos resultados atuais oferece um ambiente propício para uma tomada de decisão mais correta para o momento. Por exemplo, se a empresa possui um software que mede o engajamento dos funcionários e identifica que os níveis vêm caindo ao longo das pesquisas, é o suficiente para chegar à decisão de que é preciso identificar o motivo desta queda e também criar ações que foquem no aumento do engajamento.

Quando não se mede e nem se tem controle dos níveis atuais, os profissionais praticamente contam com a sorte para adivinhar quais são os próximos passos a serem seguidos.

3.Poder estratégico na gestão de pessoas

Aquela visão de que RH é somente uma área que cuida de burocracia e gera gastos não existe mais. A área mostrou para as empresas a sua real importância e, graças ao RH 4.0, os profissionais podem ser mais estratégicos e cuidar de perto de um dos recursos mais importantes para as empresas: os colaboradores.

A gestão de pessoas é o principal foco do RH 4.0, que pensa, planeja e cria incansavelmente estratégias para atrair os melhores talentos, manter altos níveis de engajamento e retenção dos funcionários. Hoje as empresas conseguem perceber a importância que o perfil comportamental e o fit cultural têm. A retenção de talentos começa já na seleção dos talentos que apresentam match perfeito (técnico e comportamental) com a vaga.

E tudo isso pode ser feito pelo RH 4.0 com a ajuda de novas tecnologias, aplicativos e softwares disponíveis para os profissionais da área usarem de forma inteligente e estratégica.

4.RH Colaborativo

A tecnologia permite compartilhar informações e trabalhar de diferentes lugares. Por isso, outro grande benefício que a área vem sentindo é em relação ao trabalho colaborativo. A união de diferentes pensamentos, opiniões e experiências enriquece o planejamento estratégico em qualquer área, inclusive no RH. A possibilidade do trabalho colaborativo entre os integrantes do RH e também gestores, diretores e até funcionários resulta em soluções mais assertivas.

Trazendo a colaboração para tarefas mais operacionais, os aplicativos estão retirando certas tarefas que antes eram do RH. Como exemplo, podemos citar o uso da tecnologia para solicitar férias, por exemplo, que hoje pode ser aprovada via sistema pelo próprio líder do funcionário, sem a necessidade de envolver o RH na decisão, apenas informando a área para planejar – o que também pode ser via software - a documentação legalmente necessária.

5.Melhor relacionamento com os funcionários

A construção de um bom relacionamento com os funcionários é essencial para que o RH obtenha sucesso nas suas ações internas e mantenha o engajamento em níveis satisfatórios. Oferecer inovação e facilidades em processos ligados à área ganha muitos pontos com os funcionários, afinal de contas, isso economiza tempo e evita que os colaboradores precisem lidar com processos burocráticos. Ter acesso, por exemplo, ao software de distribuição de benefícios, possibilitando a flexibilidade de escolhas, além de retirar essa tarefa do RH, empodera o colaborador.

Se pararmos para analisar, líderes de diferentes áreas fazem o gerenciamento de pessoas, de forma diária. Com o RH 4.0 é possível combinar ferramentas e métodos que colaborem com a coleta de dados e ações do RH, inserindo práticas e rotinas inteligentes na cultura da gestão de pessoas. A inserção deste pensamento na organização faz com que a prioridade da empresa seja as pessoas e isso, ao longo da história da corporação, vai sendo enraizado e percebido pelos funcionários.

Desafios do RH na era 4.0

Até agora só trouxemos o lado positivo e benefícios da era 4.0 dentro do RH. Entretanto, você já deve saber que há muitos desafios e que a forma como a empresa lida com eles tem papel fundamental para o sucesso dessa estratégia.

Qualquer tipo de mudança, mesmo as que forem para melhor, como é o caso do RH 4.0, gera desconforto, incertezas e insegurança. Os profissionais de RH estão reaprendendo diariamente sobre as novas tendências e em como pensar a gestão de pessoas e de departamento pessoal com a ajuda de tecnologia e inovação. Veja os desafios já identificados que a era 4.0 está trazendo para a área de Recursos Humanos.

Aceitar a mudança

É o passo número um e talvez o mais difícil. Principalmente dentro de empresas tradicionais, o pensamento de que “sempre foi feito assim e deu certo” é um grande paradigma que precisa ser quebrado. O desafio fica ainda maior quando o RH precisa unir forças para trazer fatos que justificam o investimento no RH 4.0 para a mesa de diretores.

Para lhe ajudar nesta tarefa, nós sugerimos que você, líder de RH, faça uma pesquisa aprofundada da organização onde trabalha e mostre os principais índices que estão sofrendo com essa mudança de mercado. Exemplos como aumento nas taxas de turnover, dificuldade de atrair candidatos com skills mais elevados e a contratação sem considerar o fit cultural podem ser colocados à mesa.

Depois disso, é preciso apresentar uma solução (aplicativo, software, tecnologia) que irá suprir cada um desses problemas atuais e claro, uma projeção dos resultados que serão alcançados com a implementação do RH 4.0.

Implementação da inovação

Agora, você está na situação em que os diretores foram convencidos de que a mudança era necessária e aprovaram a implementação. Saiba que essa etapa também é vista como um grande desafio para a área.

Como tudo é bastante novo e não existe uma receita pronta, a implementação pode gerar muitas dúvidas e pode ser um jogo de acerto e erro. Entretanto, não precisa desanimar, pois nós temos uma dica que pode lhe ajudar: não tente implementar tudo de uma vez. Nos próximos tópicos iremos abordar esse assunto de forma mais detalhada.

Inserção da cultura e valores

O fit cultural está ligado ao comportamento, crenças e valores. A contratação baseada no fit cultural é um caminho que precisa de atenção especial, pois além de recrutar e selecionar, é preciso olhar para dentro da organização. O fit cultural não tem relação somente com os novos funcionários, mas também com os atuais. Depois de definido os perfis de colaboradores e a cultura da empresa é necessário identificar quais os funcionários que não se encaixam nessas exigências, quais serão desenvolvidos e quais serão substituídos.

Logicamente todas essas tarefas não podem acontecer da noite para o dia. É preciso paciência, planejamento e foco na estratégia para colocar as ações em prática, mensurar resultados e até mesmo recalcular a rota, em alguns casos.

Nova call to action

RH 4.0: Como implementar inovações

O “como” gera muitas dúvidas entre os profissionais de RH, já que esse é um assunto relativamente novo e que, de fato, não existe receita de bolo para essa implementação. Contudo, uma das dicas mais valiosas que pode ser dada nesta situação é: não implemente todas as tecnologias de uma só vez. Veja alguns pontos que você pode considerar na hora de planejar a implementação do RH 4.0 na sua empresa:

Mindset 4.0 no RH

Se os profissionais do seu time de Recursos Humanos não compreenderem a importância que essa revolução tem para a área, você não conseguirá ter engajamento durante a implementação. Por isso, é extremamente importante preparar os profissionais da equipe, fazendo com que eles entendam e defendam essas implementações e esse período de mudanças na qual todos terão que trabalhar.

Automatize processos manuais

Identifique quais são os gargalos operacionais que podem ser automatizados e quais são os mais urgentes de serem resolvidos. Quando investimentos na automação de processos, liberamos mais tempo para os profissionais pensarem em implementações mais estratégicas.

Adote ferramentas digitais

Principalmente para os processos burocráticos, a adoção de ferramentas digitais torna os processos mais bem definidos e enxutos, concentrando as informações em um só lugar. Se você quer conhecer os principais softwares e aplicativos digitais separados por áreas dentro do RH para que você consiga planejar melhor as suas implementações, acesse nosso artigo “Aplicativos e Softwares de RH: TUDO o que você precisa saber.”

Peça ajuda de quem entende

Para que as implementações sejam feitas de maneira mais eficaz possível, é indicado pedir ajuda para uma empresa especializada. O RH 4.0 envolve diferentes ferramentas e conceitos voltadas à tecnologia e inovação. O TAQE, por exemplo, é uma empresa especializada em Recrutamento e Seleção através da gamificação, inteligência de dados e algoritmos. Utilizando o banco de talentos certificados pela plataforma, as empresas podem reduzir em até 80% o tempo da etapa de recrutamento.

3 tendências do RH 4.0 para você ficar de olho

É imprescindível estar atento às tendências do mercado para conseguir acompanhar o ritmo acelerado que a área de recursos humanos está evoluindo. Veja nossa lista para você ficar bem informado sobre o assunto e adquirir conhecimento para planejar a implementação do RH 4.0 dentro da empresa onde trabalho:

Contratação através de critérios de seleção

Esse é um conceito que vem sendo abordado há algum tempo, porém com a chegada de novas soluções tecnológicas está cada vez mais prático e assertivo fazer a contratação inteligente dos melhores talentos levando em consideração não só critérios técnicos (formação, por exemplo), mas também comportamentais (com a ajuda do people analytics, veremos mais a frente).

Outro critério muito interessante que a tecnologia possibilitou é o da geolocalização. Vamos lhe explicar: imagine que a sua empresa está tendo altos custos com o transporte dos colaboradores. Para resolver a situação, está buscando contratar funcionários que morem em um raio mais próximo à empresa. Utilizando a plataforma de recrutamento e seleção do TAQE, através de poucos cliques, é possível definir a geolocalização como um critério de seleção e realizar a triagem automática, tendo acesso aos candidatos que respeitem aos critérios escolhidos pelo time de R&S.

Gamificação

Seja para ações internas ou para a área de Recrutamento e Seleção, a metodologia de gamificação vem sendo uma escolha certeira para a coleta de informação, fortalecimento da marca empregadora e engajamento.

Veja alguns exemplos: imagine que o time de RH busca aumentar a conscientização da prática de atividade física entre os colaboradores. Para tanto, cria a espécie de uma competição, onde, utilizando a técnica de gamificação, incentiva a criação de pequenas equipes que irão, por exemplo, fazer caminhadas ou corridas durante a semana. Através de algum aplicativo, vão registrando os quilômetros alcançados. Ao final pode-se dar prêmios ou benefícios para a equipe que praticou mais atividades durante o período estipulado.

Agora, trazendo para a área de Recrutamento e Seleção, pode-se utilizar a gamificação na hora de fazer a coleta de dados dos candidatos que se inscreverem às vagas em aberto, por exemplo. Através de jogos e testes, os candidatos vão se divertindo e completando a jornada de candidatura enquanto a tecnologia trabalha coletando dados e identificando o perfil comportamental deste candidato. Ao final da jornada, o software utilizar os dados coletados e os algoritmos para cruzar critérios de seleção e oferecer uma lista de candidatos com a identidade profissional certificada.

People Analytics

Um sistema de gestão de pessoas baseada puramente em análise de dados. A análise qualitativa otimiza as operações da empresa. Ou seja, são análises descritivas e preditivas que podem ser aplicadas tanto com os atuais colaboradores como na hora da contratação.

Outros benefícios desta tendência é a possibilidade de prever a rotatividade dos funcionários, identificar pontos de desenvolvimento dos colaboradores, fazer um melhor planejamento da força de trabalho e fazer melhores contratações, de forma inteligente e sem utilizar a intuição ou deixar que vieses de contratação interfiram na escolha de candidatos.

Para saber tudo sobre People Analytics no RH, clique aqui.

2 cases práticos do conceito de RH 4.0

Veja alguns cases de empresas colocando em prática o conceito do RH 4.0 e os resultados obtidos.

Coca Cola FEMSA contrata 77 colaboradores em 40 dias

Se você ficou curioso com esse case, pois essa tarefa parece “humanamente” impossível, você está correto. Se dependesse somente da força tarefa humana, seria bastante improvável que o objetivo deste projeto fosse alcançado. Entretanto, com a ajuda da tecnologia, foi possível fazer essa contratação e ainda atingir outros resultados como alta atração de candidatos (mais de 42.500) e apenas 2 reposições durante todo o processo.

A equipe da Coca-Cola e o time do TAQE, utilizando a plataforma inteligente de recrutamento e seleção utilizaram recursos como definição de perfil, atração, triagem automática, ranking de candidatos certificados e agendamento automático para que esse processo pudesse contratar 77 profissionais ideias para as vagas em apenas 40 dias. Para ter acesso ao case completo, acesse aqui.

Sequoia diminui o absenteísmo e turnover

Atuando de forma específica na área de R&S, a empresa Sequoia realizou uma contratação em larga escala levando em consideração critérios de seleção bastante específicos. A tecnologia teve papel essencial na coleta, leitura e análise de todos os dados dos candidatos.

A Sequoia estava mudando a localização da sua fábrica e, para evitar e/diminuir, os altos índices de absenteísmo e turnover, resolver fazer contratações de profissionais que morassem mais próximos à nova sede.

Utilizando os recursos do TAQE voltados ao RH 4.0, foram considerados somente os candidatos que residissem em determinadas cidades.  Além disso, como as vagas eram consideradas operacionais ou de entrada, os critérios de seleção comportamentais e de perfis foram os principais considerados na hora de definir o match ideal entre candidatos e a empresa. Esse processo seletivo teve uma taxa de aprovação de 80% e a empresa preencheu as vagas em um tempo recorde, levando 5x menos tempo quando comparado ao tempo que levaria se conduzisse as contratações da forma tradicional.

Nós temos um material que traz o passo a passo e todos os detalhes desse case de sucesso, acesse aqui.

Conclusão

A indústria 4.0 invadiu o cenário econômico industrial e tirou os gestores de produção da “zona do conforto”, trazendo mais agilidade, dados inteligentes e mais produtividade para o chão de fábrica. O RH 4.0 está se direcionando para o mesmo rumo, onde os profissionais da área enfrentarão vários desafios e terão que lidar com a resistência à mudança por algum tempo, mas que no final das contas, todo esse árduo trabalho terá resultados positivos e colocará as empresas frente à concorrência. Quando usamos a tecnologia para focar nas pessoas, elas se veem mais motivadas, produtivas e engajadas. Essa sim é uma fórmula mágica para o sucesso das organizações: foque em quem faz a sua empresa existir!

Se, depois de você ler esse artigo você decidir que quer começar a implementação dessas inovações identificando os perfis já existentes na sua empresa e investir em um processo de recrutamento e seleção inteligente, entre em contato com o TAQE e vamos juntos migrar o seu RH tradicional para o RH 4.0. Nós oferecemos uma demonstração gratuita para você entender com detalhes o funcionamento da nossa plataforma inteligente. Agende a sua demonstração aqui.

 

Topics: Atração, Indicadores, Recursos Humanos, Recrutamento e seleção, Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts