Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Cultive a inclusão no local de trabalho: etapas que levam a ações significativas

Marcelo Marcondes - Atração de Candidatos

Como líderes empresariais, incentivamos a discussão e a comunicação abertas sobre os tópicos de discriminação e desigualdade cultural. À luz dos eventos sociais atuais, agora é a hora de refletir sobre como nossas próprias empresas e ambientes de trabalho podem suportar melhor a vida de nossos funcionários e clientes.

Esses eventos destacam a responsabilidade que todos sentimos por nos tornarmos mais conscientes e instruídos sobre o papel que desempenhamos na promoção da igualdade e inclusão em toda a empresa. Para responder cuidadosamente a esses eventos e promover mudanças acionáveis, é necessário que os líderes de RH e da empresa atinjam criticamente suas práticas, normas estabelecidas e cultura geral.

Um tema comum que está sendo destacado é a importância de preencher as lacunas entre fazer uma declaração da empresa, comprometer-se com a ação organizacional e reconhecer a realidade das práticas atuais e a experiência dos funcionários, dentro e fora do local de trabalho.

Muitos líderes de RH estão tentando determinar a melhor maneira de comunicar efetivamente o que faremos com o que já está em vigor em nossas respectivas organizações. Nosso foco e objetivos têm sido a inclusão por meio de pensamento, recrutamento, liderança, fornecedores e retribuição como membros socialmente responsáveis ​​da sociedade. Esse momento nos proporcionou, em nossa posição de influência, a possibilidade de abordar diretamente as disparidades na América corporativa.

Inclusão no trabalho

O primeiro passo da ação é incentivar as empresas a ouvirem as vozes das pessoas afetadas de maneira significativa e ponderada. No momento, tudo começa com a comunicação, ganhando perspectiva e comprometendo-se a responder ao que você ouve. Aprenda com seus funcionários e aplique isso à sua organização. Ao comunicar e determinar o que precisa ser feito, você pode aproveitar o que se especializa como empresa, a fim de causar um impacto significativo.

Por exemplo, em nossa empresa, nossa influência sempre esteve na comunidade da saúde. Compreender que os fatores do estilo de vida estão entrelaçados com a nossa abordagem à prestação de cuidados de saúde é benéfico para o paciente e o profissional.

Nosso modelo de atendimento vê cada paciente no contexto de todo o seu ecossistema de saúde, a fim de oferecer o melhor e mais eficaz atendimento, por isso sempre foi importante reconhecer como certos fatores sociais - como o racismo sistêmico - podem atuar como uma barreira direta à melhoria da saúde dos pacientes.

Isso é fundamental para o nosso modelo de atendimento: uma vez que possamos entender o "porquê" por trás dessas preocupações com a saúde do paciente e da comunidade, podemos inspirar a necessidade e o entendimento de mudanças acionáveis. E, como líderes, uma vez que entendemos o escopo completo das necessidades dos funcionários, as organizações podem promover melhor mudanças significativas.

Não existe uma ação perfeita e não há uma declaração perfeita - mas é nossa responsabilidade continuar ouvindo e ajustando nossas abordagens até vermos mudanças reais. A melhor coisa que podemos fazer é começar, e isso pode ser com uma conversa. Um passo, uma ação de cada vez, avançaremos.

Sempre haverá espaço para crescer e aprender. Aproveite o tempo para desafiar a si mesmo e considere cuidadosamente onde você pode impactar melhor como empresa. Não basta basear-se em reivindicações de diversidade e inclusão.

Como líderes de negócios e RH, devemos tomar ações ponderadas e significativas. Os líderes devem fornecer o suporte e a oportunidade para todos na organização fazerem mudanças acionáveis. Isso é possível através de canais abertos de diálogo, educação, reconhecimento e compaixão.

Agora é a hora de se comunicar, pensar criticamente e amplificar as vozes.

fonte: forbes.com

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts