Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

O tema do século: a saúde mental. Por que o RH deve se importar?

Renato Dias
Sigam me:

O pontapé deste artigo são alguns números para lhe darmos uma visão de como esse assunto será relevante neste século. Praticamente seis meses depois que a pandemia chegou ao Brasil e trouxe a quarentena, a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) fez uma pesquisa com 1.460 pessoas de 23 Estados brasileiros entre março e abril, que revelou os seguintes dados:

  • Os casos de estresse agudo subiram 40%;
  • A prevalência de ansiedade aumentou em 71%;
  • A depressão passou de 4,2% para 8%, praticamente dobrando.

Esse cenário não é exclusivo no Brasil. Nos Estados Unidos, por exemplo, quase 30% dos norte-americanos disseram apresentar sintomas de depressão no final de julho, comparados aos 6,6% de 2019, de acordo com o Household Pulse Survey realizado pelo National Center for Health Statistics em parceria com o Census Bureau.  Já os casos de ansiedade, que eram em 8,2%, chegaram perto dos 36%.

Novo normal com foco na saúde mental

Esse aumento drástico e preocupante confirma o medo da perda do emprego, de renda e dos negócios. A ansiedade vem junto com a preocupação e a incerteza do futuro. Podemos dizer que a ansiedade e depressão está sendo tão devastador quanto o coronavírus, pois teremos muitos efeitos colaterais de transtornos mentais.

Esse grande impacto afeta tanto a vida pessoal como também a profissional. As empresas e gerentes de RH devem ter esse assunto no topo das suas listas para ajudar os funcionários a enfrentar esses desafios.

São esses indivíduos estressados, fragilizados – alguns até “quebrados” emocional e psicologicamente – que começam a retornar aos escritórios, às plantas ou que têm de dar conta de metas, executando tarefas em casa com família e filhos compartilhando espaço.

Como profissional de RH, busque soluções leves e práticas para conduzir o funcionário para uma volta ao escritório com respeito, empatia e apoio psicológico. Servir e conectar pessoas é um novo modelo de RH que está sendo construído durante essa pandemia.

Os verdadeiros impactos mentais e físicos só poderão ser avaliados daqui uns anos, mas não podemos ignorar o fato de que a saúde mental é um tema que ganhou relevância neste século. Você vai ouvir falar muito sobre ela, crie agora a consciência da sua importância para que você seja uma profissional de RH mais bem preparado para os desafios que o novo normal está trazendo.

Fonte: Forbes.com

Topics: Gestão de pessoas

Nova call to action

Conteúdo exclusivo sobre RH! Inscreva-se:

Últimos Posts