Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Onboarding remoto: dicas para construir uma conexão forte para novas contratações

Renan Macrini

O trabalho remoto tornou-se o novo normal, não uma exceção. Os funcionários estão se adaptando a novas culturas e processos para se encaixar em um ambiente diferente, bem como em formas de trabalho. O que continua sendo um grande desafio é contratar novos talentos e integrá-los de forma eficaz à organização, ou seja, fazer o onboarding quando todos estão trabalhando virtualmente. 

O onboarding eficaz desempenha um papel crucial na retenção de funcionários e, embora a integração de novos funcionários em um ambiente de trabalho remoto não seja um desafio completamente novo, continua a ser um dos difíceis de superar. Ao analisar até mesmo os processos de integração tradicionais, Gallup descobriu que "apenas 12% dos funcionários concordam fortemente que sua organização faz um ótimo trabalho de integração de novos funcionários."

Para tornar a experiência de integração mais eficaz, as organizações investiram em diferentes processos e capacitadores de tecnologia. O desafio de criar uma experiência de integração adequada à finalidade continua a irritar muitos líderes de RH, especialmente durante este período de novos normais virtuais. As organizações precisam olhar para a experiência de integração da nova contratação com uma lente diferente.

Personalize o onboarding de acordo com as contratações

Muitas organizações tradicionalmente aproveitam uma estrutura de integração padronizada, que leva cada nova contratação pelo mesmo processo. Muitas vezes, o indivíduo sente uma pressão adicional para se alinhar com a identidade organizacional, em vez de se sentir na liberdade de ser o seu eu autêntico. 

As organizações tendem a perder a identidade e os valores exclusivos do funcionário. Um estudo concluiu que os funcionários que vivenciaram uma orientação com foco individual tinham 32% menos probabilidade de sair nos primeiros seis meses em comparação com aqueles que passaram por um programa de orientação padrão.

As empresas podem alavancar os pontos fortes exclusivos de cada funcionário por meio de seus esforços discricionários aplicados em todo o ambiente de trabalho, quando o trabalho não é definido como uma coleção de atividades, mas um ambiente coletivo para a criação de soluções significativas. 

A autenticidade dos funcionários levará a uma maior inovação e resiliência no local de trabalho por meio de conexões inspiradoras. Um exemplo simples será co-criar um plano de integração com o indivíduo que vai além do modelo. Isso envolverá o investimento em conhecer o novo funcionário e, em seguida, a curadoria de sua jornada inicial na organização.

Reduza a sobrecarga de informações

Um desafio comum para novos contratados durante a integração é experimentar uma sobrecarga de informações. As organizações tendem a compartilhar uma tonelada de dados com os novos contratados no início, mas muitas dessas informações são redescobertas muito mais tarde. As informações precisam ser organizadas com o objetivo de oferecer clareza, sob demanda. Isso ajuda o indivíduo a se controlar ao digerir os detalhes.

As organizações também precisam pensar sobre o melhor veículo de entrega para diferentes tipos de detalhes. Alguns tópicos são melhor cobertos por uma discussão com o especialista, em vez de uma biblioteca de documentos online. O acesso a tais bibliotecas de gerenciamento de conhecimento também é importante, para reforço e referência, mas um bom diálogo agrega muito mais valor durante a fase de integração. As discussões de compartilhamento de informações também são boas para construir conexões diversas em toda a organização.

Facilite as conexões

Estabelecer conexões em um novo ambiente é muito mais difícil para os indivíduos quando eles ingressam em uma nova organização virtualmente. Uma experiência de integração bem elaborada se concentrará em habilitar essas conexões sem gerenciá-las abertamente. 

Cada novo funcionário precisa se sentir conectado dentro da organização, não apenas com seus colegas imediatos, para uma longevidade saudável da associação. Conexões baseadas em interesses, forças e valores comuns contribuirão muito para integrar o indivíduo. Durante esse tempo, as empresas precisarão se concentrar em oferecer refrigeradores de água virtuais que permitem que os indivíduos conheçam outras pessoas por meio de conversa fiada e interações informais.

Incentive a consciência cultural

Criar familiaridade com a cultura e os valores organizacionais é um aspecto importante do investimento onboarding. Os novos contratados estão constantemente procurando sinais e exemplos de cultura organizacional, e combinar os novos contratados com funcionários efetivos funciona bem para aumentar a consciência cultural. 

A eficácia desse envolvimento depende da criação de um ambiente seguro e aberto para o diálogo entre os dois indivíduos. Uma relação de confiança geralmente é construída a partir de tais alinhamentos, o que fortalece ainda mais as conexões e redes em toda a organização.

SHRM relata que 93% das organizações usam alguma forma de programa de integração para novas contratações, com 68% delas usando ferramentas online parcial ou totalmente. Esta pandemia encorajou muitas organizações a passarem a usar infraestrutura de tecnologia para processos organizacionais que são úteis para garantir suporte logístico contínuo para funcionários. 

A integração virtualmente tem uma dependência significativa do uso de tais ferramentas, sem dúvida. O ponto importante a lembrar aqui será não limitar essa experiência de integração à eficácia das ferramentas de tecnologia implantadas, mas definir uma meta mais elevada de transformar a integração de novos contratados como uma intervenção estratégica para a organização.

Topics: Gestão de pessoas

Nova call to action