Agende uma Demo >

O Maior Hub de RH do Brasil | Taqe

Nova call to action

Novo manual para gerentes: os três principais atributos de um gerente de sucesso

A pandemia mudou as regras de engajamento no local de trabalho. Tem havido muito foco nos desafios dos funcionários, mas não o suficiente foi dito sobre a mudança de paradigma que está acontecendo no mundo dos gerentes. 

Não existe mais um manual fixo para gerentes em tempos turbulentos, incertos, novos e ambíguos. Suas equipes estão se mudando do escritório para locais remotos, as horas de trabalho são flexíveis, o desempenho é autorregulado e as iniciativas de engajamento são online. 

O cenário de mudanças no relacionamento dos gerentes com suas equipes, além de sua própria incerteza pessoal, está criando problemas para os gerentes. No entanto, nunca na história do trabalho organizado os gerentes foram tão essenciais para o sucesso das organizações. Suas funções têm se transformado de especialistas profissionais em solucionadores de problemas e treinadores holísticos. 

São eles que estão construindo as pontes entre os desejos da organização e as necessidades dos funcionários. No novo manual dinâmico para gerentes, esses são os três principais atributos que devem mantê-los à frente durante o novo normal e além.

1. Construir equipe e resiliência organizacional

Alvin Toffler definiu "choque futuro" em seu livro com o mesmo nome como "a paralisia social induzida por muitas mudanças em um período de tempo muito curto". Hoje, nossas organizações estão sentindo a próxima onda de mudanças rápidas devido à pandemia por meio de avanços tecnológicos, rupturas sociais e a indefinição das fronteiras entre o escritório e a casa. 

Ao mesmo tempo, os gerentes precisam reconhecer o cansaço da mudança e ajudar suas equipes a lidar com a compaixão. Empatia e inteligência emocional são duas das características mais importantes que os gerentes devem ter para liderar suas equipes nos tempos vindouros. Essas características ajudarão as organizações a resolver o problema de escassez de "vontade", que é diferente de escassez de "habilidades". Mudanças rápidas reduzem a vontade dos funcionários mais rapidamente do que as habilidades para fazer o trabalho.

Os gerentes precisam encorajar a habilidade de sua equipe de improvisar para prosperar nos negócios em constante mudança e contextos sociais. Os gerentes de sucesso podem incorporar aprendizagem, desaprendizagem e reaprendizagem em suas equipes como parte do processo regular de adaptação. Resiliência é uma capacidade estratégica e os gerentes e equipes que a adotam transformarão as crises em oportunidades.

2. Inove para causar impacto

George Westerman, principal cientista de pesquisa do MIT e autor de Leading Digital: Turning Technology Into Business Transformation, foi citado como tendo dito: "A transformação digital marca um repensar radical de como uma organização usa tecnologia, pessoas e processos para mudar fundamentalmente o desempenho dos negócios." 

Os gerentes precisam liderar a transformação digital e incentivar suas equipes a integrá-la com sucesso em seus processos de negócios. A transformação digital não se trata de tecnologia, mas de inovação. O advento da IA, blockchain, aprendizado de máquina, realidade aumentada, IoT e ferramentas de colaboração não são tecnologias autônomas, mas eficazes apenas com o alinhamento com a estratégia de negócios e seus processos.

O futuro dos negócios depende da inovação, e os gerentes precisam inculcar essa habilidade crítica em suas equipes. Eles precisam formar parcerias proativas com pessoas cuja função seja construir ou comprar habilidades e competências essenciais para a inovação em sua equipe. 

Os gerentes podem acender a centelha de inovação garantindo que as equipes tenham autonomia, aproveitem seus pontos fortes, sejam diversificadas e tenham segurança psicológica para experimentar. O sucesso de longo prazo de qualquer equipe ou organização depende da inovação. O papel do gerente é crucial na criação de um ambiente propício para uma cultura de colaboração e inovação.

3. Seja o defensor de sua equipe

De acordo com o Gartner, "a pesquisa mostra que 57% dos funcionários encontram barreiras significativas em seu trabalho diário. O funcionário médio passou por 12 mudanças organizacionais em 2019, variando de grandes transformações como reestruturação ou mudança para um novo equipe, ou gerente."

 Os gerentes se tornam fundamentais para reduzir o atrito no local de trabalho e remover quaisquer barreiras inter ou intradivisionais. Eles precisam conhecer bem sua equipe e ser sua voz para o resto da organização para facilitar os resultados da equipe de forma eficaz. A forte defesa dos membros da equipe é diretamente proporcional à capacidade dos gerentes de obter influência na organização. Um gerente influente remove barreiras para a equipe e representa de forma justa o potencial da equipe.

Para dar um passo adiante, os gerentes devem se tornar um treinador interno para o membro da equipe para aumentar seu potencial e pontos fortes. Isso é possível quando o gerente muda a mentalidade de empregador para empresário. Eles devem analisar os clientes, concorrentes, regulamentos e recursos como um empreendedor e alavancá-los para o máximo de produtividade para a equipe. Esta é uma transição importante que torna os gerentes bem-sucedidos na obtenção de resultados ideais e os ajuda a ganhar respeito entre os membros da equipe.

Mencionei três atributos no título deste artigo, mas aqui está uma sugestão bônus. Para pegar emprestado o básico da biologia, os três atributos acima são diferentes partes do corpo e a comunicação é o sistema nervoso que os conecta. A comunicação clara, consistente e contínua dos gerentes constrói o foco e facilita os resultados certos para a equipe. O choque futuro não está mais no futuro - está agora. 

Como gerente, antecipe as mudanças nas ondas, relaxe um pouco e coloque a equipe na onda para cavalgá-la juntos no futuro. A máxima ainda é verdadeira de que o gerente de equipe de sucesso é antes de tudo um gerente de recursos humanos de sucesso para a equipe. Os gerentes que constroem resiliência, promovem inovações e são fortes defensores de sua equipe conduzirão as organizações futuras com mais sucesso.

Artigo original

Topics: Gestão de pessoas

Nova call to action